Obras em português

Nascido em 1955 em Auvers-sur-Oise (França), Jean-Pierre Martinez fez as suas primeiras aparições em palco como baterista de diversos grupos de rock, antes de se tornar publicitário semiólogo. Depois de um período como argumentista para televisão, regressa aos palcos como dramaturgo. Escreveu uma centena de guiões para o pequeno ecrã e mais de noventa comédias para teatro, das quais algumas já são clássicas. Hoje em dia é um dos autores contemporâneos mais representados em França e nos países francófonos. Por outro lado, muitas das suas peças, traduzidas em espanhol, português e inglês, estão regularmente em cartaz nos Estados Unidos e na América Latina.

Jean-Pierre Martinez é diplomado em literatura espanhola e inglesa (Sorbonne), em linguística (Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales), em economia (Institut d’Études Politiques de Paris) e em guionismo (Conservatoire Européen d’Ecriture Audiovisuelle). Foi sua a decisão de disponibilizar todos os textos das suas peças para download gratuito no seu site La Comédiathèque http://comediatheque.net


Estes textos são disponibilizados gratuitamente para leitura. Antes de qualquer utilização pública, profissional ou amadora, deve ser obtida autorização do autor Formulario de contacto


Jean-Pierre Martinez é representado no Portugal pela SPA, e no Brasil pela ABRAMUS.


2 PERSONAGENS

No fim da linha
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Preliminares
BAIXAR O TEXTO GRATIS

A janela da frente
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Réveillon na morgue
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Cara ou coroa
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Há um piloto a bordo ?
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Encontro na plataforma
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Euro Star
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Os Náufragos do Costa Mucho
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O Joker
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Ela e Ele
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Nem sequer morto
BAIXAR O TEXTO GRATIS

A corda
BAIXAR O TEXTO GRATIS


3 PERSONAGENS

Sexta-Feira 13
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Um pequeno assassinato sem consequências
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Plágio
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Por debaixo da mesa
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Cuidado Frágil
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Um breve instante de eternidade
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Crash Zone
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Um pequeno passo para uma mulher, um salto no vazio para a Humanidade…
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Menage a Trois
BAIXAR O TEXTO GRATIS


4 PERSONAGENS

Strip Poker
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Um caixão para dois
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Quarentena
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Há um autor na sala?
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Gay Friendly
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Quatro Estrelas
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Apenas um instante antes do fim do mundo
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O genro perfeito
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O amor é cego
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Crise e castigo
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O Cuco
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O Cheiro do Dinheiro
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Denominação de Origem não Controlada
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Depois de nós, o dilúvio!
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Há algum crítico na sala?
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Cama e Café
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Retrato de Família
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Um casamento em cada dois
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Uma noite infernal
BAIXAR O TEXTO GRATIS

De volta aos palcos
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O Contrato
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Ressaca
BAIXAR O TEXTO GRATIS

As Pirâmides
BAIXAR O TEXTO GRATIS


5 PERSONAGENS

Bem está o que mal começa
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Prognóstico reservado
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Crise e castigo
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Sem flores nem coroas
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O Rei dos Idiotas
BAIXAR O TEXTO GRATIS


6 PERSONAGENS

Prognóstico reservado
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O Rei dos Idiotas
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Crise e castigo
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Flagrante Delírio
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Réveillon na esquadra
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O sorteio do Presidente
BAIXAR O TEXTO GRATIS


7 PERSONAGENS

Jogo de Escape
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Crise e castigo
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Réveillon na esquadra
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O sorteio do Presidente
BAIXAR O TEXTO GRATIS


8 PERSONAGENS

A representação não está cancelada
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Pré-histórias grotescas
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Xeque-Mate
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Réveillon na esquadra
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O sorteio do Presidente
BAIXAR O TEXTO GRATIS


9 PERSONAGENS

O jackpot
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Como um filme de Natal…
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Réveillon na esquadra
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O sorteio do Presidente
BAIXAR O TEXTO GRATIS


10 PERSONAGENS

Milagre no convento de Santa Maria-Joana
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Bem-vindos a bordo
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Erro da funerária a teu favor
BAIXAR O TEXTO GRATIS

A pior aldeia de Portugal
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Batas brancas e humor negro
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Como um filme de Natal…
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Réveillon na esquadra
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O reverso do cenário
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O sorteio do Presidente
BAIXAR O TEXTO GRATIS


11 PERSONAGENS

Batas brancas e humor negro
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Como um filme de Natal…
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O reverso do cenário
BAIXAR O TEXTO GRATIS


12 PERSONAGENS

Batas brancas e humor negro
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Dedicatória especial
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O reverso do cenário
BAIXAR O TEXTO GRATIS


13 PERSONAGENS

Batas brancas e humor negro
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O reverso do cenário
BAIXAR O TEXTO GRATIS


14 PERSONAGENS

Uma herança pesada
BAIXAR O TEXTO GRATIS


14 até 17 PERSONAGENS

Nem sempre a música amansa as feras
BAIXAR O TEXTO GRATIS


COMÉDIAS DE ESQUETES

Morrer de rir
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Ela e Ele
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Corações abertos
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Cenas de rua
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Breves do tempo perdido
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Aviso de passagem
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Memórias de uma mala
BAIXAR O TEXTO GRATIS

O Balcão
BAIXAR O TEXTO GRATIS

MONÓLOGOS

Como um peixe no ar
BAIXAR O TEXTO GRATIS

Happy Dogs
BAIXAR O TEXTO GRATIS


 

 

 

 

 

 

 

 

+++


Universo

Ao longo das 100 comédias que escreveu até hoje, Jean-Pierre Martinez criou um verdadeiro universo teatral. Uma França imaginária, mas muito real, cujas cidades, vilas e campos ele continua a explorar, povoada por personagens coloridos, ao mesmo tempo risíveis, comoventes e cativantes, com os quais se identifica facilmente. Café, restaurante, hospital, crematório, livraria, mercearia, esquadra, banco, convento, casa de repouso, casa própria… e até teatro. Em cada um desses lugares de sociabilidade, constituindo tantos cenários possíveis, a tragicomédia da vida é encenada.


Uma biblioteca de cenários

Perdemos a conta das peças de sucesso adaptadas para o cinema. Roteirista de formação, Jean-Pierre Martinez manteve um estilo muito roteirista como dramaturgo, com um aguçado senso de intriga e diálogo. Os textos de seus mais de 300 sketchs podem, portanto, servir de cenário para curtas-metragens, e os textos de suas 92 comédias são facilmente adaptáveis para médios ou longas-metragens. Eles constituem, portanto, uma biblioteca de cenários reais.


Um teatro em liberdade

Com mais de 2.000 apresentações das suas 94 peças a cada ano, Jean-Pierre Martinez é um dos autores contemporâneos mais interpretados por empresas profissionais ou amadoras na França e nos países de língua francesa e espanhola. Traduzido para 12 idiomas, as suas comédias foram apresentadas em mais de 60 países, nos 5 continentes. “Não estou escrevendo para ser editado, mas para ser tocado. Meus textos não pretendem seduzir comités de leitura, mas sim agradar ao público. É por isso que ofereço minhas comédias diretamente às empresas, em total liberdade. Jean-Pierre Martinez é um dos autores mais prolíficos da cena francesa. A SACD emite cerca de 300 autorizações de repertório por ano, na França e no exterior, o que o torna um dos autores mais populares entre as companhias e o público de hoje.


Um universo teatral

“Um teatro onde você não ri é um teatro do qual você tem que rir” (Brecht). Ao longo das 92 comédias que escreveu até hoje, Jean-Pierre Martinez tece a teia de um universo teatral único, onde o humor sempre presente muitas vezes esbarra no absurdo em seus aspectos tragicómicos. É também autor de “Escreva uma comédia para o teatro”, um manual para jovens dramaturgos de todas as idades, no qual também expõe sua própria concepção de escrita teatral, e “Escreve sua vida”, uma autoficção em que narra o pessoal e trajetória profissional que o levou a se tornar roteirista, depois dramaturgo e finalmente escritor. Jean-Pierre Martinez defende um teatro popular no nobre sentido do termo, divertido mas sem facilidade, impertinente mas sem vulgaridade, empenhado mas não edificante, ético mais que moralista e, sobretudo, não educativo nem ministrador de aulas.